Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Destralhar

26
Mar13

Recolher/Arrumar - 26/31

Ao 26º dia de recolher e arrumar, concluo que o mesmo está a ser um sucesso pessoal. Porém, do ponto de vista do blog, um verdadeiro desastre. Que dizer quando não há nada para dizer, excepto... "tudo vai destralhado na costa"? (façam o favor de entoar a frase como se tivessem a dizer "mar à vista" ao estilo do Capitão Iglo).


 


Há dias, reflectia sobre os perigos de ter sido tão fácil, como seria depois de encerrar o desafio e não temer as malvadas fotos de fim de dia. Mas hoje fez-se luz. 


 


O acto de destralhar as superfícies da casa, deixando-as desimpedidas dos habituais objectos, não é algo que eu tenha conseguido mudar em 15 dias. Ainda hoje, senti o primeiro impulso de "deixar estar" para o corrigir com um "arrumar". Tem sido assim por diversas vezes, durante estes dias. A auto-correcção está sempre presente.


 


O que descobri?


 


1. Que este desafio não começou no dia 01/03/2013, mas há mais de 1 ano, quando comecei a mudar as coisas em casa e na minha forma de estar na vida.


 


2. Que o efeito bola de neve, existe: paralelamente com o recolher/arrumar, passei a dobrar sempre a manta do sofá e a arrumar as almofadas, passei a arrumar melhor a cozinha...


 


3. Que pouco a pouco (e não me canso de reforçar este "pouco a pouco") as mudanças vão evidenciando-se pela casa, pelo tempo disponível e pela tranquilidade de não ver objectos "a monte".


 


 


E com isto, já penso no próximo passo. 

19
Mar13

Uma receita para mudança


 


1. Uma mudança de cada vez


2. Começar devagar


3. Repetir diariamente, na mesma hora


4. Comprometa-se com alguém


5. Responsabilize-se


6. Estabeleça consequências


7. Desfrute a mudança


 


 


Há coincidências extraordinárias. Hoje em diversas trocas de impressão com a Ocupadíssima, dizia-lhe que para mim, o ponto de viragem (nestas coisas de destralhar e noutras) foi o projecto de destralhar 3 objectos por dia e foi precisamente porque:


 


- me concentrei apenas nessa actividade diária;


- comecei apenas por 3 objectos diários (em vez de uma divisão, por exemplo);


- estabeleci uma rotina diária;


- comprometi-me com as/os leitores do blog;


- responsabilizei-me perante as/os mesmas/os a publicar os resultados diariamente;


- vi a vergonha de falhar publicamente como a minha consequência maior.


 


No final do dia, leio um texto com os 7 pontos acima indicados, como se fosse escrito para concluir o dia. E hoje gozo os frutos do meu labor. Por isso e pelo facto de ter estado pouco tempo em casa na última semana, não tenho fotos adicionais para o desafio recolher/arrumar que hoje tem o seu 20º dia. E essa é a verdade.


 


Durante o dia as coisas vão sendo arrumadas no seu local e no final do dia não há nada nas superfícies.


 


Continuam as mesmas duas superfícies a precisar de tratamento: secretária do escritório e mesa da cozinha. Mas essas duas (e mantendo-me fiel ao ponto 1, serão alvo de intervenção própria).




Inspiração de hoje: How to Change Your Life: A User’s GuideLeo Babauta

13
Mar13

Recolher/Arrumar 11 e 12

Em dois dias, apenas descobri um objecto fora da sua casinha... E só o descobri na manhã seguinte... deve ter fugido pela calada da noite, safadolas



 


Ontem à noite, senti que realmente havia instituído, mas que uma rotina, um comportamento. As sacas e os seus conteúdos foram prontamente arrumados. A roupa lavada imediatamente colocada nos armários ou gavetas. 


 


Estou a gostar da experiência e recomendo, mas agora que quase nunca tenho nada para recolher/arrumar, começo a sentir que há muito que estou a adiar a tarefa de destralhar.


 


Destralhar - uma dentada de cada vez


 


Com efeito, é meu objectivo destralhar o que está em excesso para não ter de me preocupar com ele quando chegar o tempo das tarefas de manutenção da casa. 


 


Ou seja, o objectivo geral: destralhar a casa. O problema com os objectivos com "o" grande é que são demasiado genéricos e são tão "grandes" que acabam por ser impossíveis de atingir de forma igualmente genérica. É a velha máxima: como se come um elefante? Com uma dentada de cada vez.


 


A casa tem 5 divisões, uma delas a casa de banho que não já foi alvo de intervenção. Sobram 4: 1 cozinha, 1 sala, 1 escritório e 1 quarto de dormir. O escritório e a cozinha são o meu calcanhar de Aquiles. Por isso, escolher uma delas seria condenar-me ao fracasso, embora sejam os espaços que mais ansiedade me causam.


 


Porém, decidi enveredar por uma estratégia diferente:


- Escritório e cozinha continuam como pequenos projectos (uma prateleira de cada vez)


- Quarto e sala serão alvo de uma master list (uma de cada vez). 


 


O que é uma master list?


É o elefante partido em bocados que caibam na boca. Uma lista de tarefas para cada divisão. E cada tarefa tem a sua acção.


 


Exemplo: sala/estante de livros/prateleira 1


acção 1 - destralhar


acção 2 - colocar os livros destralhados à venda no Miau/WinkingBooks ou doação


acção 3 - separar os livros a destralhar dos restantes


 


Se pensarem bem nas acções, isto já é uma tarefa com algum trabalho. Há que tomar uma decisão quanto aos livros, fotografar os que serão para vender ou trocar, mudá-los de local para perceber o espaço.


 


Como não tenho onde colocar os livros enquanto os aloco para venda ou troca, coloco-os numa prateleira à parte, numa outra estante do escritório.

11
Mar13

Recolher/Arrumar 8 a 10

Fim de semana de morrer, posts adiados. Este fim de semana fui alvo de uma enxaquecus horribilis que me deixou K.O. Não se preocupem, não é contagioso.


 


Por isso os dias mais curtos e as publicações reduzidas ao mínimo e urgências. 


 


Com excepção da noite de ontem em que tive de recolher/arrumar algumas peças (roupa seca pousada na cama, sapatilhas num canto, toalhas desdobradas da casa de banho) todas as restantes superfícies têm-se mantido destralhadas, graças a uma vigilância constante.


 


A solução parece simples, em vez de pousar, arrumar.


 


Tem sentido uma grande surpresa a facilidade com que tenho mantido as superfícies destralhadas. Com efeito, chega a ser embaraçoso a facilidade com que é possível fazê-lo, com gestos mínimos.


 


Claro que não me esqueço que beneficio da especial circunstância de ser a única a desarrumar.

08
Mar13

Recolher/Arrumar - 7/31

Este blog funciona a uma velocidade: devar, devagarinho, passo a passo, um problema de cada vez. Acredito verdadeiramente nisso. Isto porque os  impulsos de querer mudar tudo e mudar muito e mudar já, acabam sempre por ser isso mesmo: impulsos. 


 


Fizeram uma lista de objectivos para 2013? Tomaram algum passo para prosseguirem esses objectivos? As estatísticas dizem que não, que os objectivos foram abandonados no 1º mês ou sequer considerados para além do momento de redacção da lista. Sabem que o 1º trimestre do ano é considerado com a melhor altura para comprar material de exercício usado? Porque as pessoas que compraram os gadgets para "fazer mais exercício em 2013" começam a perceber que afinal não o utilizam.


 


O meu objectivo para 2012 era destralhar a casa. Queria apenas não passar tempos infinitos à procura de meia dúzia de coisas ou ter uma secretária livre de milhentos papéis. Por isso, em Março finalmente tomei o passo - destralhar o copo das canetas em cima da secretária. Só isso.


 


O impacto desse gesto foi enorme e no dia seguinte, decidi destralhar/arrumar os consumíveis informáticos. Fui fazendo umas coisas pelo meio e em Abril, num impulso, ataquei os papéis do escritório.


 


Mas se repararem no calendário desse mês, as publicações são muito pautadas, com vários posts de inspiração e reflexão e pouco de efectivo trabalho. Maio, tem apenas 5 publicações. A meio do mês digo que farei 5 minutos por dia, não faço e no dia 25 digo que farei 3 objectos por dia. No dia 29, estou a atacar filmes e música, para dizer que fiz alguma coisa.


 


No dia 14 de Junho, festejo e no decurso desse mês e nos que se seguiram, fui publicando os objectos destralhados o que foi uma excelente ferramenta de motivação.


 


Poderia continuar. Mas o cerne da questão é este: basta destralhar o primeiro copo de canetas. Depois é ir continuando. Mesmo que devagar.





O desafio que me impus de recolher/arrumar continua, apesar do dia 7 ter sido mais um dia sem objectos a recolher/arrumar. Ontem, pela primeira vez, entrei em casa e subi as escadas a pensar que tinha de arrumar de imediato as coisas, em vez de as pousar os 3 sacos na entrada. E foi o que fiz, pela primeira vez. 


 


Por isso, hoje também vou festejar.

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Sara

    Visitei o teu blogue para colocar link no meu post...

  • Anónimo

    Boa Noite que tem da Vista Alegre para vender...??...

  • Zélia Marisa Reis Coelho

    Descobri agora o blog, a mim também não me faz con...

  • Daniel Ferreira

    A cola Pattex uma desilusão?!?!?! Essa cola é o Fe...

  • marttokas

    Eu acho que se fosse destralhar apenas uma coisa p...

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D