Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Destralhar

Operação Destralhar - 11/03/2015

Que dia calmo que foi este último dia. Consegui cumprir todas as tarefas excepto tratar do meu armário "arrumos". De resto, tratei de tudo, inclusivé não me esqueci de destralhar um objecto.

 

Ontem decidi destralhar um livro técnico que me foi oferecido pelo autor. Foi a sua tese de doutoramento e até tinha uma dedicatória muito simpática. Porém, a verdade é que o conteúdo não me interessava e não passava de uma pesada lembrança de alguém com quem já nem convivo. Andava a adiar este destralhe há alguns anos.

 

Não queria colocar à troca ou vendê-lo porque achei que seria inapropriado, pelo que me limitei a doar o livro à biblioteca municipal da minha cidade (depois de retirar a página com a dedicatória).

 

Segue hoje pelo correio editorial, numa embalagem da Amazon que trouxe do trabalho (aproveito todos os envelopes e afins que lá são descartados). Como não se podem enviar cartas no correio editorial, limitei-me a escrever no endereço "departamento de doações à biblioteca" e assim fica claro para que foi enviado o livro.

Operação destralhar 10-03-2015

Confesso que ontem não correu nada bem. Primeiro substituí a tarefa do dia: os arrumos foram esquecidos em favor de empacotar dezenas de livros que vendi. Foram 4 caixas enormes para fora da porta.

 

Destralhei um livro adicional e decidi que, se até sábado não trocar o jogo didáctico anterior, ele vai ser doado nesse dia. Tenho um lote de DVD à venda e hoje baixei o preço. Encontrei raios X da minha cadela (sabem dizer-me se está alguma campanha de recolha de radiografias em vigor?)

 

Estou a querer tirar coisas de casa, a querer destralhar para fora da porta. Fiz o luto da minha vida anterior - um misto de alívio e ansiedade. E se precisar dos livros... e se....?

 

Ponto positivo: apesar de não ter feito qualquer tarefa de manutenção, apenas ficou por arrumar correspondência que pousei no hall de entrada e a superfície da secretária. Tudo o resto eram superfícies destralhadas de véspera. Manter é bastante mais fácil que arrumar.

 

Violei o meu apagão digital e fiquei a ler um livro no computador até às 22:30....ups!

 

 

 

Operação Destralhar - 09/03/2015

Ontem cumpri todas as tarefas a que me propus.

A tarefa principal era "destralhar os jogos e livros de crianças". E estava mesmo a precisar porque a prateleira de jogos estava dessarrumada há 2 meses, desde a última sessão de "pega em tudo mas não arruma nada".

Foi daí que destralhei o objecto do dia, um puzzles com números até 10 que já não se adequa a nenhuma das sobrinhas. Vou tentar trocá-lo por outro artigo mais adequado à idade delas.

 

Tudo excelente, mas ainda sou tão má... Tão má que fui mais cedo para a cama só para não correr o risco da máquina da louça acabar o programa e ter de arrumar.

 

Hoje é a pior tarefa de todas: os arrumos. Não vejo como arrumar a confusão que criei em apenas 15 minutos.

Operação Destralhar - 07/03/2015

No dia de ontem fiz tudo que estava na lista, excepto acordar às 6:30; demorei mais uma hora a levantar-me da cama. 

 

Mas decidi destralhar mais umas revistas que tinha guardado e que sobreviveram a cortes anteriores. Claro está que tinha de perceber o porquê de as ter mantido já que datavam de 2010 e a minha memória não é assim tão boa. Por isso, decidi que iria para a cama com elas, após o meu apagão digital às 21:00. 

 

Não, isto não é um post pornográfico, é apenas a minha estratégia para destralhar revistas:

1º Faço uma rápida revisão das páginas e decido de imediato se existem revistas para descartar;

2º Coloco em cada uma delas um post it, um papel de rascunho ou apenas escrevo na capa as páginas a manter (por qualquer razão).

3º Junto os materiais: um saco para recolher o papel a reciclar, uma tesoura e uma caneta.

 

Antes, 7 revistas:

DSC_0007.JPG

 

Depois, 3 revistas (2 ainda por analisar):

DSC_0013.JPG

 Os recortes servem para colagens na minha agenda ou diários ou ainda trabalhos escolares para as miúdas (por exemplo fiquei com uma boa selecção de répteis).

 

Actualizado: apenas sobreviveu uma revista.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D