Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Destralhar

17
Fev19

Estar presente

david-sinclair-623963-unsplash.jpg

"... uma das formas subtis do cuidado ocorre quando usamos simplesmente a nossa presença tranquilizadora e afectuosa para ajudar e acalmar alguém. A mera presença de alguém de quem se gosta, mostram os estudos, tem uma propriedade analgésica, sossegando os centros que registam a dor. Nomeadamente, quanto mais empática for a pessoa na presença de alguém com dor, maior o efeito calmante."

Foco - Daniel Goleman

 

15
Fev19

10% mais feliz - Um investimento realista

Ouvi-o num podcast e procurei-o no YouTube.

Os argumentos são convicentes, realistas e sustentados em ciência.

Agora quero ler o livro.

957_MAIN.jpg

Preço editora: €8.30 / Preço Kobo: €3.99 / Na biblioteca é grátis, pelo que será a minha prioridade.

 

E também ouvi este episódio (em podcast) em que o foco foi precisamente que as coisas não caem do céu. A melhoria implica trabalho. É por isso que estou a ler o livro FOCO de Daniel Goleman.

 

E foi assim que cheguei a este pequeno vídeo:

E sabem que mais? Esta céptica realmente gostou deste exercício de meditação, sentada na sua  secretária, a meio de um dia de trabalho.

Quem diria...

09
Fev19

Pessoas tóxicas

Quando leio algo (basta o título) sobre o poder do perdão apetece-me atirar com a louça ao ar. E claro que não estou a falar de erros ou pequenas coisas, mas de pessoas tóxicas que parecem existir só para envenenar o dia-a-dia de outras pessoas.

 

Há pessoas que, apenas por estarem presentes numa sala são capazes de retirar qualquer prazer ao dia, criam tensão, desconforto e conflito.

 

Irrita-me que os discursos sejam sempre no sentido que cabe à pessoa ofendida melhorar a outra, perdoar, tentar desanuviar...

 

Lamento, mas se são todos adultos, têm de ser responsabilizados pelos seus comportamentos e se não sabem estar em sociedade, então devem ser excluídos do convívio.

 

Destralhar pessoas tóxicas é sempre uma prioridade na minha vida.

01
Jun18

Encontrar paz no acto de cortar as unhas

 

mona-eendra-115781-unsplash.jpg

Mona Eendra

 

O único tratamento que dou às minhas unhas é mantê-las limpas e cortadas (rasas). Quanto maior a "parte branca" das unhas, maior o meu desconforto com o seu tamanho. 

 

Ontem à noite estava muito "desconfortável", a ansiedade cresceu à medida que se aproximava o final do dia (o novo dia de trabalho) e quando chegou a hora de me deitar, estava uma pilha de nervos, já a antecipar mais uma noite de insónia.

O trabalho está a acumular-se e sinto que não estou a gerir bem o meu tempo. As unhas acabaram por se tornar um sinal de tudo que estava mal no meu dia (vida?). 

 

Sentei-me na cama com uma toalha e um corta-unhas e cortei as unhas das mãos e dos pés. Usei hidratante (algo que deveria fazer diariamente e não faço) e todos esses actos de auto-cuidado tiveram o dom de me acalmar.

 

Com frequência me esqueço da importância de pequenos actos de cuidado pessoal: parar para beber um copo de água ou uma bebida quente, parar para comer uma maçã, parar para tomar um duche, parar para cortar as unhas... parar para respirar fundo.

 

Talvez esse seja o segredo para mais paz de espírito: cuidar mais de nós. 

 

 

 

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Sara

    Visitei o teu blogue para colocar link no meu post...

  • Anónimo

    Boa Noite que tem da Vista Alegre para vender...??...

  • Zélia Marisa Reis Coelho

    Descobri agora o blog, a mim também não me faz con...

  • Daniel Ferreira

    A cola Pattex uma desilusão?!?!?! Essa cola é o Fe...

  • marttokas

    Eu acho que se fosse destralhar apenas uma coisa p...

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D