Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Destralhar

28
Nov12

Destralhar em 15 minutos

Um dos métodos que pretendo implementar é o de regularmente destralhar as superfícies. Eu sou daquelas pessoas que deixam tudo pela casa. Uma revista ali, uma caixa aqui, um talão ali. Uma das razões é que ainda existem muitos sistemas que ainda não foram implementados para dar cumprimento à regra de ouro: um lugar para cada coisa e cada coisa no seu lugar. Por isso, tenho necessidade de destralhar visualmente as superfícies da casa, nomeadamente a secretária do escritório.


 


Para isso, tenho adoptado uma rotina de 15 minutos com 2 momentos:


 


RECOLHER - Percorrer as divisões da casa com um cesto e aí colocar tudo que tenho fora do sítio. Por exemplo, na mesa da cozinha está algo que trouxe do escritório. 


 


ARRUMAR - Fazer o percurso inverso e arrumar o que coloquei no cesto.


 


 


Se pensarem, quantas viagens fazemos para ir arrumando os objectos 1 a 1? Este método é claramente mais rápido e eficiente.

24
Nov12

Produtos - Zippy Pocket

Como já referi anteriormente, considero uma péssima ideia confundir destralhar com organizar e, em vez da primeira, começar pela segunda actividade comprando objectos como capas, bolsas, caixas e outros que tal.


 


Isto porque, e como descobri quando decidi começar a destralhar, tais produtos começam rapidamente a ficar vazios e tornam-se mais um objecto inútil.


 


Assim, o ideal é adiar qualquer compra até ter certeza de qual será o melhor sistema.


 


Recentemente encontrei um produto que, não recomendando pelo seu custo (€1.29 cada bolsa) poderá resolver alguns problemas de organização dos papéis: uma bolsa grossa com fecho e furos para capa. 


 


Pela robustez do plástico, poderá ajudar a guardar itens mais pesados (por exemplo os manuais) ou menos práticos de guardar numa capa A4 (por exemplo os CD de software).


 


 

22
Nov12

Destralhar papéis à quinta

Como prometido, destralhar papéis à quinta, fase a fase, uma tarefa de cada vez, para não sobrecarregar a vida, porque o objectivo é melhorá-la.


 


Há duas fases que poderão ser feitas no decorrer de uma ou duas semanas, se preferirem:


 


1. Organizar o material


1. Uma caixa/saco para colocar o papel que será para reciclar


2. Uma caixa/saco para colocar papel ou outro material com informação sensível para destruir


3. Uma caixa/saco para colocar papel para arquivar


4. Um caixote do lixo


5. Uma tesoura grande


6. Um agrafador e um tira-agráfos


7. Uma máquina de destruir papel, se disponível


8. Um scanner


 


Para mim, o processo teve de começar com vários momentos de seleccionar papéis para exclusão imediata. Ou seja, o ponto de partida é uma visita relâmpago a gavetas, caixas e estantes para aferir se há alguma coisa para deitar fora. 


 


É nesta fase que o sistema de 3/dia funciona muito bem. Durante a próxima semana, limite-se a tentar perceber o que pode ser deitado fora de imediato.


 


2. A antecipar a organização 




Uma das coisas que me ajuda imenso é agrupar os objectos a destralhar. Neste caso, além de tudo o acima descrito, tenho uma caixa em que coloco todos os papéis que irão ser analisados, revistos, destralhados, arquivados.


 


Numa primeira fase (em que estou apenas a excluir os óbvios), ajuda-me ter um local onde posso colocar os papéis, sem ter que me preocupar em tomar uma decisão naquele momento, e como tal, a ultrapassar bloqueios e a realizar a tarefa de forma pontual.


 


Nesta fase, tenho uma folha de papel onde vou anotando os tipos de papéis que aparecem com mais frequência, para posteriormente me ajudar a escolher o melhor sistema de organização.


 


Também poderá ser uma forma de antecipar a organização (por exemplo, colocando já uma caixa ou tabuleiro e ir separando os documentos o IRS do próximo ano, que vão aparecendo).


 


 


Gastar dinheiro com materiais de organização? Não! 




 


O meu recurso preferido para colocar papel para reciclar é o saco grande das compras. É grande e quando está cheio, basta levá-lo ao contentor. Muito prático.


 


Uma caixa de resmas de papel pode ser um excelente material. Se for muito alta, basta cortar uma tira no topo da caixa e ajustar ao tamanho desejado. Pode ser pintada, forrada ou deixada como está. É um excelente recurso.


 


As caixas de cereais possuem inúmeras possibilidade de utilização. Se colar algumas ficará logo com um sistema de separação de papel que poderá ser (ou não) descartado.


 












21
Nov12

Destralhar em 15 minutos

Ando à procura, pela internet, de ideias para destralhar em apenas 15 minutos. Aceito sugestões. 


 



 


Já li em vários locais que a dica é mesmo utilizar um relógio/temporizador de cozinha e ser rigorosa quanto aos 15 minutos.


 



Destralhar a carteira em 15 minutos




[ como projecto de fim de semana - 1,2]




- retirar todo o conteúdo;


- passar um pano húmido ou um toalhete anti-bacteriano;


- reciclar ou arquivar os talões, recibos, etc...


- agrupar itens soltos na carteira e optar por guardar em pequenas bolsas transparentes (se necessário)

18
Nov12

Os meus resultados a destralhar papéis (projecto da semana)

O antes, em que reuni todos os itens soltos, espalhados pelo escritório ou pela casa quando deveriam estar no escritório:


 


 


 


Os resultados da primeira fase em que estou a testar o sistema, face aos papéis que possuo. 


 


A ideia é que apenas permaneça um conjunto de 3 tabuleiros. A caixa de arquivo suspenso está quase vazia, ou melhor, tem itens que são para arquivar e não tenho certeza que a vá manter. O porta-revistas poderá ser útil para ter os folhetos em vigor e revistas a destralhar.


 


 


 


Não se encontra na foto um conjunto de libretos impressos cujo destino ainda tenho de decidir. É o meu "monte" a decidir. O facto de este ser tão pequeno, deixou-me algo surpreendida, pois evidencia que o meu problema não seria tanto o de não querer prescindir dos papéis, mas de não possuir um sistema eficiente para os organizar e arquivar.


 


O meu sistema de 3 tabuleiros:


 


Tabuleiro 1 : A tratar com prazo (contas a pagar, entrada de correio [eu abro-o sempre no próprio dia], assuntos que tenha que ser tratados com urgência e que por isso, devam estar visíveis);


 


Tabuleiro 2: A tratar sem prazo ( coisas a tratar ou a fazer mas que não possuem prazo; pode ser um projecto de manualidades ou algo na casa; poderão constituir projectos que "ataco" quando tenho mais tempo; é aqui que coloco as grandes listas de coisas a fazer na manutenção da casa e carro);


 


Tabuleiro 3: Arquivar (itens que já podem ser arquivados como contas pagas, papéis meramente informativos, etc.; o arquivo poderá ser feito pontualmente - quando o tabuleiro estiver cheio - ou periodicamente).


 


 


Este foi o sistema mais conciso a que consegui chegar. Inicialmente pensei num tabuleiro com os folhetos e vales de desconto, todavia um tabuleiro não conseguiria agregar tudo (o livro com os vales de desconto é um pouco volumoso). Estou ainda a decidir se fica num tabuleiro único horizontal ou no porta revistas.


 


Tempo de execução: 02h00

Pág. 1/3

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Sara

    Visitei o teu blogue para colocar link no meu post...

  • Anónimo

    Boa Noite que tem da Vista Alegre para vender...??...

  • Zélia Marisa Reis Coelho

    Descobri agora o blog, a mim também não me faz con...

  • Daniel Ferreira

    A cola Pattex uma desilusão?!?!?! Essa cola é o Fe...

  • marttokas

    Eu acho que se fosse destralhar apenas uma coisa p...

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D