Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Destralhar

23
Ago12

Destralhar presentes

A cavalo dado não se olha os dentes. 


 


 


É um sinal de boa educação sem dúvida, mas não haverá casos em que será melhor dizer não? Hoje disse não à minha mãe, que numa das suas incursões na feira local veio com uma t-shirt horrenda e cheia de brilhantes. Eu raramente uso peças com estampados, não tenho nenhuma com brilhantes. Até à data, nunca recusei as suas ofertas, mas isso tem-me trazido alguns dissabores. Passo meses a adiar uma compra porque não encontro o que gosto e acabo com algo escolhido por ela - na sua boa vontade - e de que não gosto.


 


Hoje, pela primeira vez, disse-lhe que não era o meu estilo, que tinha muitos brilhantes, que era preferível ficar com ela. Aliás, acho que ela já havia percebido que não era uma boa escolha porque deu-ma a dizer: se não gostares, eu fico com ela. Estou constantemente a pedir-lhe que não me compre coisas. Não resulta. Ela acaba a gastar dinheiro e eu a arrumar coisas que não uso.


 


Por isso, hoje decidi mudar a estratégia. Pode ser que funcione melhor.


 


E na sequência da minha intenção de destralhar objectos mais volumosos, também achei que era altura de algo significativo: leitor de DVD + surround. Eu vivo sozinha e tenho dois televisores (um foi presente) e dois leitores de DVD (um foi presente). E cada vez mais esta dupla propriedade me parece um absurda.


 


Destralhar presentes, especialmente de valor significativo e oferecido com a melhor das intenções, pode ser problemático.


 


Gostaria de destralhar um dos televisores, mas sei que os meus pais jamais compreenderiam as minhas razões. Assim e por enquanto, optei por começar pelo leitor de DVD + surround - isto porque sei que quem me ofereceu seria mais compreensivo nestas matérias. A oferta tem vários anos e teve como objectivo alimentar a minha paixão pelo cinema. Mas a verdade é que posso contar pelos dedos as vezes que utilizei o sistema de som. Porquê? Porque a sala é minúscula e os fios eram sempre uma trabalheira para limpar.


 


Foi assim que fiz um email (a quem me ofereceu) explicando as minhas razões e oferecendo-me para devolver o presente. E sabem que resposta recebi? Que também o dele estava desligado pelas mesmas razões. 


 


Por isso, esta semana tem sido de progressões. Menos é mais.

19
Ago12

Destralhar manuais de funcionamento [1/2 hora]

A ideia já andava na minha cabeça há muito: destralhar a minha caixa de manuais.


 


Na minha caixa de manuais: guardo todos os manuais de funcionamento dos equipamentos eléctricos e electrónicos e as respectivas facturas de compra (para accionar a garantia, se necessário).


 


E para quem vende objectos usados, é sempre uma mais valia ter esse material. É uma das coisas que pergunto sempre: se o vendedor tem prova de propriedade.


 


Ter os manuais à mão poderá ainda ser uma excelente fonte de informação para solucionar pequenos problemas e assim evitar despesas com reparações.


 


Por exemplo, a minha máquina de lavar louça está a fazer um barulho estranho. Segundo o manual, o primeiro passo (para barulhos estranhos) é descalcificar o aparelho com um produto próprio e é precisamente isso que vou fazer. Eu vivo no norte, em que as águas são mais calcárias e  sendo previdente, poderei evitar uma avaria


 


Sempre pensei reduzir o tamanho da caixa, mas com tantas capas vazias (resultado de destralhar o escritório) fazer um capa dedicada pareceu-me a melhor solução. 


 


E já repararam que os manuais vêm sempre em várias línguas? Que tal reduzir o manual para a versão portuguesa? 


 


Só o manual do meu auto-rádio tinha 208 páginas. Agora tem 20, capa e contracapa. Apenas com essa estratégia, o volume de todos os documentos ficou reduzido a menos de metade.

18
Ago12

Leituras de verão


 


Quem diria que encontraria na Utopia de Tomás Morus uma citação à medida do Destralhar:


 


Os homens em geral só se apartam dos seus bens quando já velhos e até na agonia; só por entre soluços e lágrimas renunciam àquilo que as suas mãos débeis já não conseguem segurar.

17
Ago12

Personalizar bolsas de catálogo

Tendo em conta as receitas de culinária que possuo têm várias dimensões, teria várias hipóteses, já aqui ilustradas. Mas parece-me, que numa primeira fase em que ainda não escolhi verdadeiramente manter as receitas pelo simples facto de não as ter utilizado, que seria demasiado trabalho estar a colá-las numa folha ou demasiado dinheiro comprar bolsas de catálogo com divisórias


 


Decidi improvisar com uma tesoura e fita cola. Bastou cortar a folha da frente da bolsa, criar um fundo artificial para a parte de cima com fita cola (utilizei de cor preta para melhor ilustrar) e temos uma bolsa de catálogo com duas divisórias.


 


E posso criar tantas quantas quiser e com as dimensões que melhor se adequem aos recortes que tenho. Simples não?


 


 


 



 

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Sara

    Visitei o teu blogue para colocar link no meu post...

  • Anónimo

    Boa Noite que tem da Vista Alegre para vender...??...

  • Zélia Marisa Reis Coelho

    Descobri agora o blog, a mim também não me faz con...

  • Daniel Ferreira

    A cola Pattex uma desilusão?!?!?! Essa cola é o Fe...

  • marttokas

    Eu acho que se fosse destralhar apenas uma coisa p...

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D