Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

Julho - Organizar a casa

Decidi que em Julho iria colocar tarefas relacionadas com a casa, como prioridade.

 

No início da semana escolhi algumas das tarefas prioritárias e comecei a "comer o elefante", uma dentada de cada vez.

 

A primeira coisa foi escolher as tarefas que iria realizar durante a semana e quando. Afectei as tarefas aos dias no meu calendário e consegui fazer quase tudo a que me propus. Porque na realidade, o que faz com que haja progresso é a execução.

 

E, seguindo a máxima "as pessoas devem estar antes das coisas", o sábado à tarde foi para passear com a pequenada. 

Porém, acabei por transferir demasiadas coisas para domingo (nomeadamente a limpeza da casa), o que quero evitar no futuro.

Mais um motivo para dividir as tarefas/limpezas por pedaços de tempo, durante a semana.

 

TAREFAS PARA JULHO

 

Vendas:

Há um conjunto de copos e garrafas que não consegui vender individualmente. Decidi vender em lote por um preço muito baixo, apenas para despachar.

  • Acção 1 -  Contactei uma compradora de outras peças dessa colecção (foi assim combinado) para lhe dar preferência em relação ao novo preço.
  • Acção 2 -  Se não responder/quiser, alterar o anúncio.

Coloquei mais duas tralhas no OLX, na esperança que se vendam rapidamente.

 

Pequenos DIY

  • Colocar o caixote do lixo (30-60 minutos)
  • Reparar o tubo da mini máquina de lavar (5 minutos)

 

Arrumações e limpeza

  • Arrumar o saco de roupa de inverno
  • Arrumar os arrumos (sim, é ridículo) para caberem os aquecedores

 

Obras

  • Casa de banho: limpar e pintar tecto; pintar porta
  • Acção 1 -  verificar que materiais tenho e quais devo comprar (comprar a menor quantidade possível, doar o que sobrar) Felizmente tenho tudo o que necessito para começar, excepto um aditivo para a tinta a utilizar no tecto da casa de banho.
  • Acção 2 - Limpeza do tecto da casa de banho (para secar bem)
  • Acção 3 - Pintura do tecto
  • Acção 4 -Pintura da porta

 

Costura

  • Pano do guarda-sol dos pais: um monstrego que poderá ser útil para destralhar tecidos (já comprei tecido usado, além do que tinha; lavei os tecidos e vou começar a cortar) [a tarefa que estipulei para este fds foi cortar o tecido, mas só vou cortar na 2ª]
  • Boneca LOL
  • Aumento calças da mãe [a tarefa que estipulei para esta semana foi descoser, o que demorou imenso tempo e resultou em imenso lixo]
  • Bolsos extra para camisa do pai

 

DESTRALHADO

IMG_20190707_090625_085.jpg

Já estava fora do prazo. De ora em diante vou comprar uma embalagem menor que descobri numa outra marca.

 

P.S. - Também destralhei 3 caixas de pensinhos diários, um produto que deixei de utilizar, mas que ainda tinha em stock. Foram doadas a uma familiar.

 

DIY - Ossos de tecido

IMG_20190616_104058_333.jpg

Alguém pediu peluches velhos para cães e eu pensei... eu não tenho peluches, mas tenho tecido para destralhar.

E foi assim que decidi aproveitar uns restos de tecido mais grosso, inclusivé da zona dos bolsos para fazer uns ossos. Imprimi um molde da internet, ajustei o tamanho e fiz meia dúzia.

IMG_20190615_090259_769.jpg

Todo o enchimento foi feito com restos de tecidos, inclusivé o que estava a cortar do molde.

É um verdadeiro projecto de lixo zero.

Destralhado: 2 sacos de lãs

Capturar.JPG

Quando comecei a destralhar, uma das minhas estratégias era trocar o que não necessitava por materiais de bricolagem.

Foi assim que adquiri 3 caixas grandes de lãs.

Ora, há anos que não faço tricot e francamente prefiro a costura.

Em conversa com uma tia, percebi que ela anda muito entusiasmada com o tricot e já adivinham o que se seguiu.

 

Depois, foi uma sequência:

- enchi as duas caixas, com tecidos que estavam em sacos  grandes do supermercado e pousados no chão (menos dois sacos);

- separei remendos pendentes (inclusivé um de uma amiga, que me esqueci que tinha... ops);

- juntei materiais e moldes aos projectos que precisavam deles para serem terminados.

 

Quando "adoptei" os tecidos da minha mãe, descobri rapidamente que consumiam espaço precioso nos meus armários. Mais, temo pelo excesso de peso nos soalhos.

Por isso, realmente tenho de colocar o destralhar destes materiais como uma prioridade. Mas destralhar de forma útil e sustentável, que foi o que senti que fiz, dando as lãs a uma tia que as vai utilizar.