Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

Setembro a implementar DESPERDÍCIO ZERO: remendar, reutilizar e comprar usado

Cadeira.JPG

Depois de encontrar uma cadeira deixada junto a um contentor de reciclagem, decidi fazer-lhe uma pequena capa para lhe encontrar um novo dono. Já foi adoptada. 

Melhor que a reciclagem é a reutilização.

 

DSC_0166.JPG

Depois do elástico das minhas sapatilhas de caminhadas terem rebentado, decidi comprar elástico para as poder continuar a utilizar. Não estão muito bonitas, mas a função delas não é decorar. 

A remendar para poupar e não desperdiçar.

 

Remendos de costura, para familiares e amigas: 2 camisolas, 1 carteira, 1 saia.

 

Os dois últimos livros que li, e que tinha conseguido na plataforma WinkingBooks, já foram devolvidos à mesma. Aliás, já foram destralhados e seguem (via CTT) para novas casas.

 

sapatilhas4.JPG

 

Aproveitei que tinha tinta de tecido para reparar umas sapatilhas que utilizo para andar por casa e que recentemente destruí com lixívia. 

 

DSC_0174.JPG

Comprei uma camisola para dormir, numa loja solidária da Remar. Como nova, mesmo depois de ignorar as instruções de lavagem ;)

DSC_0169.JPG

Remendar uma luva de forno

1.jpg

 

A manhã foi para remendar alguns peças de vestuário e roupa de casa. Entre os remendos, estava uma luva de forno que tinha um buraco. 

Certamente que haverá quem se pergunte: Não era preferível comprar uma nova por €1.00 ou menos? Achas que vale a pena estar com esse trabalho?

 

Porque prefiro remendar:

1. O custo da reparação foi zero: tenho bastantes pedaços de tecido e linhas.

2. Costurar à mão relaxa-me, é algo que gosto bastante de fazer.

3. Eu valorizo €1.00; com essa quantia posso comprar um doce, uma maluquice para as minhas sobrinhas, um livro usado, uma carteira de cromos, um qualquer material para os crafts...

4. Eu sinto-me muito responsável pelos custos humanos da roupa barata - há quem vive como escravos para que essa luva que custa €1.00 chegue até nós com esse preço; comprar, é alimentar esse mercado de seres humanos;

5. Eu temo os custos ambientais do consumo descartável que fazemos.

 

Por isso, remendar uma luva de forno, faz-me sentir melhor, em variadíssimos níveis.

 

Hoje, pela primeira vez, apercebi-me que tinha 3 luvas de forno. Destralhei uma delas.