Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

Top 5 de estratégias de formação de hábitos

Kosio Angelov, autor do "The lean email simple system", decidiu fazer um pequeno questionário a 42 especialistas em produtividade (highperformancelifestyle.net). Com os resultados, criou um top 5 de estratégias de formação de hábitos

1. Começar com pequenos passos - 15 votos

2. Ser consistente (don´t break the chain) - 11 votos

3. Ter um plano - 10 votos

4. Usar um/a parceiro/a de responsabilização/prestação de contas - 9 votos

5. Recompense-se - 8 votos

 

Senti algum prazer em ler os resultados e ver as minhas estratégicas confirmadas por "especialistas". 

 

Ultimamente andava a questionar um pouco os meus métodos da sequência de um livro que parece estar a ter algum sucesso: A Mágica da Arrumação de Marie Kondo. Confesso que nunca o li, mas conhecia as bases do livro já que tinha visto uma conferência da autora na Google. 

 

Uma das suas premissas é que devemos fazer um único destralhar, radical, definitivo. Porém, se há alguma coisa que estes dois anos me ensinaram é que destralhar uma casa/divisão/prateleira não significa que esta se mantenha assim. Aliás, cheguei mesmo à conclusão que manter é mais difícil que o destralhar inicial precisamente porque carece de constante empenho.

 

Por isso, acredito muito mais na criação de hábitos duradouros, por muito simples que sejam. 

35 hábitos de pessoas altamente produtivas

aa.JPG

 

Uma tentativa de tradução:

 

Mente
- observar a regra 80/20 (20% de trabalho resulta em 80% de resultados)
- concentrar no importante e suprimir o urgente
- decidir o resultado antes de começar
- começar um livro de ideias
- eliminar as decisões triviais, como decidir o que vestir
- aprender a ignorar (não é preciso responder a tudo)
- faça um mau primeiro rascunho

 

Alimentação:

- criar uma rotina alimentar
- comer comida saudável
- utilizar serviços de entregas para poupar tempo (nem por isso)
- "negotiate a daily deal with your trusted cafe" (quê?!)

 

Agenda
- fazer primeiro as coisas fáceis
- priorizar um item por dia
- criar uma rotina diária
- não fazer reuniões a não ser que sejam decisivas
- é melhor feito que perfeito

Corpo
- gerir a ansiedade (correr, nadar, dançar)
- dormir mais
- dormir sestas

Atalhos
- visualizar o resultado final
- começar antes de sentir preparado para fazer
- quando em dúvida, assumir que está certo
- se tiver a mente bloqueada, fazer um mapa mental
- se não conseguir escrever, gravar
- quando ler algo útil, escrever ao autor

 

Vestuário
- definir um uniforme e vesti-lo diariamente
- vestir "smart fabrics" (?)
- levar uma peça para todas as ocasiões
- destralhar o que já não usa

 

Tecnologia
- limitar as respostas de emails a 1 por minuto
- se não conseguir compreender o que o email pede, não responder
- desligar as notícias (quase nunca são importantes)
- não atender o telefone a não ser que seja uma emergência
- utilizar teclas de atalho

 

Achei esta infografia muito inspiradora, embora não concorde com todos os pontos. Ou melhor, não concorde que seja o hábito mais produtivo. Depois, há outros que não tenho coragem de implementar, embora me apeteça, com o "uniforme".

Estabelecer objectivos/hábitos - o balanço

Recordam-se do meu pequeno quadrado com o método Seinfield? Findo o mês, aqui estou a fazer o balanço. A cor preta assinala que cumpri o objectivo e a cor vermelha que não cumpri o objectivo.

 

Hora de levantar: 6h30

Apenas 9 dias e nenhum depois das 8h30, asseguro. Só agora reparei que o dia da semana com mais ocorrências é a segunda-feira.

É um hábito que pretendo manter. Confesso que me surpreendeu ter conseguido adaptar-me a este horário tão rapidamente (este rapidamente já tem uns 3 meses). 

 

Hora de deitar: 22h30

Claramente um hábito a melhorar. Aliás, só cumpri esse horário em 4 dias num mês. Mas melhorei imenso porque raramente me deitei depois das 00:00. 

Comprei um pequeno relógio de secretária com alarme para as 22h15 de modo a lembrar-me que é hora de "desligar". 

 

PVC 

Considerando que prevariquei em apenas 6 dias e que em nenhum desses a cama ficou por fazer, eu diria que foi um sucesso!

 

Banca limpa

Decididamente um hábito a necessitar de maior cuidado. Muitas das situações são de uma ou outra peça na banca, apesar da máquina da louça vazia ou com louça há muito lavada (e que há muito deveria ter sido esvaziada). Claramente ainda pouso a louça na banca, sem pensar.

 

 

Gosto imenso deste método. Sou uma pessoa muito visual e realmente é muito fácil de manter actualizado.