Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar ficheiros

Confesso que os ficheiros no meu computador estão em tal desorganização que nem sei como começar. Hoje, fico-me pelas fotos/imagens espalhadas por alguns espaços virtuais:

 

MeoCloud blogs - imagens relacionadas com publicações

[problema - só tinha as imagens de 1 blog, deixando as restantes espalhadas pelo computador]

 

MeoCloud pessoal - cópia de segurança de fotos pessoais (neste momento, apenas confio em servidores nacionais para o efeito)

[é possível que tenha duplicados]

 

Google Drive (associado ao Gmail) - fotos relacionadas com coisas a vender ou trocar

[não actualizei eliminando o que já vendi, troquei ou doei]

 

Disco C do computador - pasta por defeito do computador, aí costumo colocar imagens temporárias em que estou a trabalhar, mas que quero apagar (por exemplo, folhetos)

[acabo por colocar aí pastas não organizadas do cartão de memória]

 

Disco D do computador - pasta fotos, para organização

[falta organizar, destralhar fotos digitais e eliminar duplicados]

 

Cartão de memória

[falta destralhar os ficheiros, passando para as respectivas pastas]

 


 

 

Hoje concentrei-me esvaziar o cartão de memória e a pasta "imagens" no disco C. Tentei agrupá-las por pastas e só num momento posterior poderei eliminar duplicados e organizar por tipo de fotos. 

 

Importa referir que pastas como Epscan, Dcim, 100NCD60, Fuji, são pastas residuais do equipamento. Ou seja, passava o conteúdo do cartão de fotografias para a pasta de documentos sem qualquer organização e criado duplicados, sem sentido.

 

1º Passei todas as imagens (do cartão ou do disco C) para uma pasta: disco D > Fotos

2º Eliminei ficheiros irrelevantes ou duplicados

 

Organização:

 

Arrastei as pastas para outras pastas de categorias mais agregadoras para posterior organização. Concentrei-me em esvaziar as pastas de sistema (Epscan, Dcim, 100NCD60, Fuji,...) que não identificavam o conteúdo.

 

Na pasta Fotos, onde tudo foi parar, fui organizando as distintas imagens e fotos.

 

Antes:

 

 

 

 

 

 

Depois:

 

 

 

 

Rapidamente percebi que entre o "lugares" de hoje e o "2013" há duplicados. Agora resta-me verificar, datar, colocar no ano respectivo e criar a cópia de segurança.

 

Mas estou a pensar dar primazia às categorias: família, lugares, crafts... e só depois o ano. 

Porque tirei as minhas fotos preferidas das molduras

Quando pensamos em fotos especiais imaginamo-las sempre em molduras  (mesmo que digitais) e pousam-se ou penduram-se algures. No meu caso, as minhas fotos preferidas encontram-se numa estante estreita e dedicada a essas fotos.

 

Entre essas estavam as 3 fotos preferidas das minhas sobrinhas. Essas três molduras, na verdade, acompanham o seu crescimento e as fotos vão sendo substituídas de tempos a tempos. Raramente são fotos com mais de um ano. 

 

Eu decidi retirar as minhas fotos preferidas dessas molduras simplesmente porque uma prateleira num local de passagem não me pareceu um espaço suficientemente importante. 

 

Passei-as para o local onde estou diariamente: a minha secretária. 

 

 

 

A minha secretária tem uma protecção que comprei no Ikea e que é transparente. A parte inferior é perfeita para colar desenhos, fotos, citações, listas de tarefas importantes, etc.

 

Porque são as minhas fotos preferidas, optei por não as colar directamente na base, mas criei um bolso com um pedaço de plástico. Utilizei fita adesiva opaca para verem o quão simples pode ser, mas irei substituir por fita adesiva transparente.

 

Agora - neste modo pouco convencional - vejo-as sempre e não consigo deixar de sorrir quando olho para elas. 

Destralhar fotos em suporte papel

Uma grande parte das minhas fotos tem dois pontos em comum: são más e são de paisagens de locais, sem pessoas.

 

Por isso, a tarefa de eliminar fotos não é demasiado dolorosa. Peguei em 3 mini-álbuns (nenhum completo) e comecei o processo de eliminação. Esse processo tem uma particularidade - quanto mais eliminámos, mais exigentes ficamos em relação ao que fica e progressivamente eliminámos mais e melhor.

 

A primeira fase, apenas de eliminação de fotos quase iguais, desfocadas ou sem pontos de interesse resultou de imediato num monte de 50 fotos.

 

 

Entretanto, na loja on-line da Ambar (na secção de oportunidades) encontrei um álbum para CD´s ou DVD´s que me parece muito prático para organizar os suportes de fotos e vídeos caseiros.