Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

Desafio: Destralhar uma divisão em 10 dias - dia 10 (3ª parte)

(em violação do apagão digital)

 

Candeeiro de leitura DIY, primeiramente inspirado pela J. Lee (foi nesta fase que decidi destralhar o meu candeeiro de pé) e depois pela pesquisa por "diy lamp minimalist" no Google Images. A ideia que me fez parar foi esta. E é assim o meu "processo" de busca de ideias para organizar a casa.

 

IMG_20141207_213208.jpg

 

IMG_20141207_220547.jpg

 

(vou ter de prender o melhor fio com o interruptor)

IMG_20141207_220509.jpg

 

Boas leituras.

Desafio: Destralhar uma divisão em 10 dias - dia 10 (2ª parte)

Se este blog fosse sobre como devem destralhar, tudo teria corrido muito bem. A ideia ideia era colocar 10 publicações: em dias pares publicava o progresso aqui e em dias ímpares bastava publicar uma nota no grupo. Nos dias ímpares deixava uma inspiração sobre destralhar no blog, aquelas imagens fantásticas com projectos geniais. 

 

Mas este blog é sobre o meu destralhar, com os meus avanços e recuos, pausas obrigatórias ou mera preguiça. É assim a minha vida e imagino que também a vossa.

 

Por isso, o desafio foi pautado por ausências. Eu ausentei-me de casa, quase diariamente até cerca das 21h, eu estive no hospital com um familiar e o que vos mostrei foram as únicas coisas que consegui fazer de produtivo durante todo este tempo. 

 

Poderia fazer uma lista de coisas que não consegui fazer, mas optei fazer a lista de coisas que consegui fazer:

- destralhei 4 capas de arquivo (2 estavam vazias na prateleira)

- destralhei umas dezenas de bolsas de postais (para quem me oferece postais e selos - melhor é impossível)

- destralhei a minha coleção de DVD (pelo meio descobri um novo método de juntar filmes e poupar espaço) e alguns DVD e CD de fotos; consegui reunir todos os DVD na mesma prateleira

- destralhei uma caixa de arquivo de CD/DVD

- destralhei fotos e juntei-as todas na mesma prateleira (irei organizá-las posteriormente)

- destralhei e doei um movel TV (considero que destralhar peças de mobiliário dá pontos extra)

- fiz um candeeiro de leitura (que substitui um candeeiro de pé que havia destralhado)

 

Segui a divisão, começando por uma ponta e terminando noutra. Pelo meio descobri objectos que pensava não ter, recordações que decidi manter de forma mais digna (juro que um dia partilho as minhas ideias) e motivação em todas que partilharam comigo. Se não fosse a responsabilização perante o grupo, no meio da confusão, teria abandonado o projecto, por isso o meu obrigada.

 

A próxima semana será pautada pelas publicações de quer desejar partilhar as suas experiências no blog. 

Desafio: Destralhar uma divisão em 10 dias

A Marta decidiu destralhar a cozinha (corajosa!). A Marta começou depois do início das publicações, mas já vai bem lançada.

 

DIA 1 (Cozinha)

Comecei por arrumar a cozinha no final do jantar e depois arranquei conforme planeado com os armários: abri, fotografei e analisei. Eu tenho muito espaço e o problema às vezes é esse, acabo por arrumar mal o que lá coloco ou arrumar o que não preciso.
Saíram logo
4 caixas de gelado familiares que eu nunca faço em casa e que sei que alguém aproveitará para marmelada;
4 cestas de verga para doar que ocupam muito espaço e eu não preciso mesmo delas (o ano que me lembrei de oferecer cabazes de Natal, voltaram novamente para mim numa outra oferta qualquer) e
uma caixa de lata enorme que ainda não sei bem o que lhe fazer.

No sitio destas coisas coloquei umas prateleiras que tinha comprado entretanto para colocar nos armários e assim não ficarem com espaço desperdiçado. Fica a faltar então ocupa-los devidamente.

Identifiquei ainda mais 4 armários com garrafas (acreditem que é mesmo verdade, o meu bar é na cozinha). Não quis perder tempo a contá-las, mas devo ter mais de 70 garrafas. Isto tudo acontece porque bebemos pouco, porque no Natal fornecedores e familiares oferecem muito e porque os meus familiares que são produtores também me oferecem.
Não se deita vinho fora, nem se dá para nenhuma instituição que pode correr mal , bom... eu preciso deste espaço, mas não se destralham tantas garrafas em 10 dias, por isso este processo vai ser mais lento, mas para começar fiz o seguinte:
1 Vinho Porto para oferecer no Natal,
1/2 Aguardente aberto para fazer um Licor,

1 Vinho Tinto aberto para beber ao jantar e

Bolo de Natal que levou Rum, Bailys e Vinho do Porto.

Por norma, já tento usar uma garrafa de Vinho Branco para cozinhar, mas o meu marido sempre que descobre dá-me na cabeça porque acha que é um desperdício... desperdício eu acho ter em casa parado e ir comprar um de propósito (mesmo que barato).
E é só... penso que valeu por ontem e hoje.