Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhei a minha cómoda

Ai. A minha querida cómoda, que era da minha bisavó, que pintei para combinar com a nova vida, foi hoje a ser carregada para uma carrinha de obras.
 

1 (8).jpg

Estava com bicho da madeira, tratei dela, mas agora tenho medo. Não confio nela e agora que comecei a cismar, mais vale destralhar.

 
Decidi que, numa casa quase toda em madeira, não posso continuar a arriscar.
 
 
 
Agora estou a ponderar não ter cómoda e tentar organizar a roupa no guarda-fatos com caixas + organizadores verticais - tudo sem comprar organizadores.
 
Pelo menos quero tentar. Aceitam-se sugestões.

A minha parte preferida é quando a mobília também é destralhada

1 (7).jpg

Quando começamos numa ponta, se tudo correr bem, acabamos noutra. Destralhe a destralhe (e este blog já tem 5 anos), vou libertando espaços e ocupando outros.

 

Esta semana, por causa de obras em casa, tive de desocupar esta estante e fiquei a pensar no quando a sala ficaria melhor sem ela. 

 

Ainda não tenho, noutras estantes da casa, a mesma rentabilidade desta, em termos de livros que permite, mas estou determinada a usar os espaços que tenho vindo a desocupar, mais uns truques, para a eliminar.

 

Mas como sempre, penso no que paguei por ela e na sua qualidade e começo o processo mental de destralhe. Para mim, é sempre mais fácil quando consigo doar a familiares e, em princípio, isso será possível. 

 

Por isso, estou a fazer figas para que a minha familiar arranje transporte e eu passe a ter menos uma peça de mobiliário.

Destralhados - mais um espaço vazio, porque até a caixa foi

DESTRALHADO06082017 (1).JPG

Para ficarem com uma ideia, aquele buraco tem cerca de 40 cm de largura e até a caixa foi. 

 

Hoje, decidi destralhar a "biblioteca da casa da tia" - uma estante onde estavam livros infanto-juvenis que iam circulando entre 4 sobrinhas. Decidi fazer "reiniciar" e duas delas levaram o grosso dos livros. A terceira já leu quase todos (ainda ficou um lote para ela) e a terceira já tem uma colecção completa em casa e raramente utiliza a minha.

 

Na caixa, o stock de material escolar que fui escoando. O que elas não utilizavam, fui trocando por outros bens. Hoje levaram quase tudo o que sobrou. 

 

Depois dei-lhes diversos autocolantes, post-its, carimbos e fitas cola decorativas - até a caixa foi.

 

Foram guardado as coisas em sacos de pano, de conferências, que tinha aproveitado. Quatro sacos de pano destralhados.

 

Doei uma carteira que não estava a utilizar. 

 

Em suma, foi um domingo muito bem destralhado.