Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

Há sempre quem pague mais pelas nossas tralhas baratas

"Na madrugada do dia 3 de Dezembro de 1984, houve uma fuga de gás venenoso, composto por isocianato de metilo (ICM) de uma fábrica da multinacional norte-americana Union Carbide Corporation. O gás matou de imediato mais de oito mil pessoas. Estando actualmente o número de mortes nas 20 mil e continuando a aumentar, uma vez que as pessoas continuam a sucumbir de impactes na saúde relacionados, o que perfaz em média mais uma morte por dia ao longo das últimas vinte décadas.

(...)

Inacreditavelmente, hoje, vinte anos após o desastre, a empresa continua a recusar partilhar informação que tem sobre os impactes tóxicos na saúde do ICM, chamando-lhe "segredo de fabrico" e frustrando qualquer esforços de prestação de cuidados médicos às vítimas da exposição." 

 

A história das coisas - Annie Leonard

 

Não sei o que me chocou mais. A descrição do acontecimento e das consequências (a que vos poupei), as horrendas fotos, que se parecem em demasia com fotos do Holocausto, ou o facto de desconhecer completamente a tragédia de Bhopal. Até ler este livro, eu nunca tinha ouvido falar da morte em massa de 8000 mil pessoas. 

 

O CEO das duas versões da empresa é Andrew Liveris, que tem um mandado de captura na Índia, mas que nos EUA recebe presentes do presidente.

1 (6).JPG

A Dow tem uma fábrica em Portugal, concretamente em Estarreja.