Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje 2

Pode parecer que o meu domingo foi um fiasco, mas não foi. 

Depois do stress da manhã, a tarde em família (a de sangue e a de amizade mais forte que o sangue) foi maravilhosa. 

 

Pela primeira vez fiz uma saia de criança...uau!!! Um modelo simples, com uma baínha e um elástico, mas para mim uma vitória. Até a miúda mais velha experimentou a máquina de costura.

 

Claro que a casa ficou virada do avesso: cozinha por arrumar, escritório com tecidos e máquinas de costura e afins, caixas de revistas de moldes no chão do quarto (depois de passar o fim de noite à procura de moldes), etc, etc.

 

Ignorei o caos e deitei-me. 

 

Esta manhã acordei às 6h30 (a minha hora ideal) e...

ouvi um fantástico ensaio enquanto tomava o pequeno almoço;

- liguei a máquina da louça (estava carregada, mas como faz barulho, só a liguei esta manhã);

- lavei a louça que não coube na máquina;

- destralhei as superfícies da cozinha (nomeadamente arrumando louça limpa, entregando algo aos meus pais e colocando sacos de compras no carro);

- preparei a marmita (que consistiu em pegar numa sobra de ontem, colocá-la no saco com um garfo, juntando-lhe uma garrafa de água - reutilizável - e uma sande para o lanche);

- preparei os plásticos para a reciclagem + o que fui buscar a casa dos meus pais;

- arrumei as caixas das revistas no armário;

- arrumei os tecidos dentro dos sacos e os materiais de costura nos seus locais;

- remendei o elástico de umas cuecas;

- pré-preparei um projecto de costura;

- levei carne picada (que, de propósito, fiz a mais) para casa dos meus pais - já adianta o jantar.

 

Às 9h30 estava no trabalho e ainda me dei ao luxo de ir ao café, tomar um pingo, mandar duas SMS (para manter contacto com amigas) e colocar algumas informações na minha agenda. 

 

E só não junto aqui uma daquelas fotos de meninas a saltar no ar, em triunfo, com um campo florido como moldura, porque seria um bocadinho demais.

 

Mas esta é uma segunda feira diferente e quero aproveitar enquanto posso ;)

Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje 1

Pode parecer absurdo, mas acho que vou concentrar-me nesta máxima, durante os próximos tempos. 

 

A realidade: 

Manhã de sábado: a limpar a casa da minha mãe. 

Tarde de sábado: a fazer absolutamente nada. 

 

Manhã de domingo: a fazer limpeza, compras e almoço (inclusive, a parte que deveria ser partilhada com familiares que tinha em casa)

 

O ideal:

Tarde de sábado: limpeza, adiantar o almoço (estufar a carne picada para a lasanha, por exemplo), fazer compras para ter farinha para a máquina de fazer pão (o que fez com que tivesse de comprar pão para o almoço).

Domingo de manhã: carregar no botão da máquina de fazer pão, montar a lasanha e ligar o forno, passar a manhã a fazer companhia aos convivas (em vez de estar na cozinha uma boa parte do tempo).

 

Acresce que, se tivesse antecipado o almoço, não teria louça que não coube na máquina, que por sua vez se juntou à do lanche.

 

 

Pág. 1/2