Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

Top 5 de estratégias de formação de hábitos

Kosio Angelov, autor do "The lean email simple system", decidiu fazer um pequeno questionário a 42 especialistas em produtividade (highperformancelifestyle.net). Com os resultados, criou um top 5 de estratégias de formação de hábitos

1. Começar com pequenos passos - 15 votos

2. Ser consistente (don´t break the chain) - 11 votos

3. Ter um plano - 10 votos

4. Usar um/a parceiro/a de responsabilização/prestação de contas - 9 votos

5. Recompense-se - 8 votos

 

Senti algum prazer em ler os resultados e ver as minhas estratégicas confirmadas por "especialistas". 

 

Ultimamente andava a questionar um pouco os meus métodos da sequência de um livro que parece estar a ter algum sucesso: A Mágica da Arrumação de Marie Kondo. Confesso que nunca o li, mas conhecia as bases do livro já que tinha visto uma conferência da autora na Google. 

 

Uma das suas premissas é que devemos fazer um único destralhar, radical, definitivo. Porém, se há alguma coisa que estes dois anos me ensinaram é que destralhar uma casa/divisão/prateleira não significa que esta se mantenha assim. Aliás, cheguei mesmo à conclusão que manter é mais difícil que o destralhar inicial precisamente porque carece de constante empenho.

 

Por isso, acredito muito mais na criação de hábitos duradouros, por muito simples que sejam. 

Offline mas não parada

Destralhar 15 minutos + banca limpa

 

Apesar de andar um pouco desligada, não tenho parado de destralhar:

- tenho destralhado as superfícies todas as noites o que se tem reflectido no aspecto geral da casa: arrumada;

- tenho me esforçado por ter sempre a banca limpa, nomeadamente arrumando a louça lavada da máquina.

 

Apenas essas duas acções fazem com que a casa esteja arrumada (o que é diferente de limpa). Pequenos gestos como dobrar a toalha de rosto, depois de a utilizar, tem feito maravilhas. 

 

Já nem me preocupo com os 15 minutos, porque nunca preciso de tanto.

 

Biblioteca pública

Há uns meses passei por uma fase um pouco complicada que me levou a voltar a comprar livros. Voltei a andar pela Wook, Fnac, Amazon, OLX... Todos os locais associados à aquisição de livros. 

Hoje, tenho uma lista de mais de 50 livros que quero ler, disponíveis numa das minhas bibliotecas públicas. Os livros entram e saem e saem lidos.

Mas sobre livros, prometo que falo mais tarde.

 

Blogs

Esta semana apaguei três blogs pessoais, embora um tenha passado a privado porque não tenho coragem de apagar 9 anos de blog. (Actualização: afinal não consegui não escrever sobre livros; pelo menos reduzi o blog a apenas isso, já não é mau).  

A verdade é que adoro escrever sobre as minhas paixões, o problema é que isso me rouba demasiado tempo ao fazer. 

A escolha que fiz foi reduzir as distrações e concentrar-me nos projectos que desejo concluir.

 

Quem sabe, talvez isso se traduza em novos projectos por aqui ;)