Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar material de escrita

Quando comecei a árdua tarefa de destralhar o meu escritório, comecei pelos copos com material de escrita que tinha à minha frente. O escritório está praticamente reduzido a zero, algumas caixas de arquivo e livros técnicos que espero estar quase a conseguir vender.

 

Hoje confesso que não fiz o necessário destralhar do material de escrita. A verdade é que estou numa fase de transição em que quero reduzir o meu escritório portátil, por um lado e quero melhorar o meu sistema de codificação por cores na agenda, por outro. Ou seja, utilizo de canetas de várias cores.

 

Por isso, decidi fazer batota e ir destralhar a caixa de material de pintura das miúdas. ;)

 

 

Aproveito para informar que em vários meses, nenhuma das 5 crianças que utiliza esta caixa (dos 4 aos 13) deixou material fora da gaveta indicada: lápis de cor, lápis de cera, marcadores.

 

Destralhei marcadores em agonia:

 

 

 E ao afiar os lápis, descobri que há um/a roedor/a!

 

Destralhar a farmácia da casa de banho

O antes:

 

 

O depois:

 

prateleira da saúde e da doença até que o prazo de validade nos separe; metade do algodão serve para encher flores de feltro

 

prateleira da higiene e pouca beleza (os vernizes são utilizados mais vezes para pintar travessões do cabelo para as miúdas que para as unhas; o tubo amarelo que vêm é um rolo de papel higiénico forrado com uma fita cola amarela

 

a última secção é "das coisas altas que não cabem noutro local" + o que utilizo no dia-dia-dia para a higiene oral

 

 

 

O destralhado:

 

 

 

Fará parte do meu kit de higiene para o local de trabalho. Em casa o meu desodorizante é uma pedra de lúmen.

 

 

 

Uma experiência que não correu bem. A tinta foi parar à casa de banho. Porquê? Isso é que já não sei.

 

 

 

Uma máquina de barbear que já deveria ter seguido para as trocas há muitoooo tempo.

 

 

 

Dois itens para reutilizar. Um copinho e um fio dental que se revelou uma má compra.

 

 

 

O lixo. Nunca descobri o que era aquela tampinha cinza. Está à anos na farmácia sem que eu saiba porquê, com medo que uma vez descubra que é terrivelmente importante. ;)

 

 

Ainda retirei um creme para as mãos que, se não estiver na mesinha de cabeceira, nunca será utilizado. 

 

E deixo um pedido de ajuda. Eu sou mesmo uma nulidade em maquilhagem e afim, mas quando uso (cerca de 3 vezes por ano) gosto de a retirar bem. Tenho um leite de limpeza, um desmaquilhante para olhos e pele oleosa. Não haverá um produto mais básico e natural que faça a limpeza da pele e seja refrescante? Na linha dos produtos como óleo de amêndoas ou coisa assim? Destralhava já as duas garrafas - é que já as tenho há tanto tempo que é capaz de ser mais seguro.

 

Ajudam-me?