Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

Limpeza da casa em 15 dias - Janeiro

Como referi ontem, vou reditar o auto-desafio Limpeza da casa em 30 dias. O desafio de Janeiro será para testar uma rotina de limpeza geral  em 15 dias (30 minutos diários) complementada por tarefas extra - que podem ser nesses dias ou outros.

 

Recordo que o desafio tem por base a lista de tarefas de limpeza diárias, executadas em apenas 20 minutos, criada pelo blog Fresh and Organize e depois editada no blog Money Saving Mom (30-Day House Cleaning Challenge).

 

Depois de, em Abril, ter executado todas as tarefas, senti a necessidade de ajustar a lista à minha casa: 1 quarto de dormir, 1 casa de banho, 1 sala, 1 cozinha, 1 escritório, 1 corredor. Isto porque, não tendo divisões extra, senti que as tarefas eram repetitivas.

 

No fundo, a lista de tarefas contém uma limpeza de superfícies semanais ou quinzenais das divisões, uma limpeza mensal "em profundidade" de cada uma delas e tarefas diversas, com periodicidade mensal, bimestral ou até trimestral que alternam com as actividade semanais.

 

Para que possamos partilhar experiências, instalei uma ferramenta para poderem partilhar os links dos vossos posts. Os links ficaram na forma de lista para que todas/os possamos acompanhar outras páginas a desafiarem-se para experimentar novos métodos de limpeza da casa.

 

Lamento não ter conseguido retirar a necessidade de indicar o "email". Se não o quiserem fazer (até porque não vejo qualquer necessidade disso), poderão utilizar o email do destralhar: destralhar.oblog@gmail.com. 

 

No dia 1 publicarei a lista de tarefas diárias, mas apenas isso. Afinal de contas é dia 1 de Janeiro, feriado e como tal é dia de folga.

 

 

 

 

E o post mais comentado em 2013 é... a limpeza do meu frigorífico

... o relativo às desventuras com a limpeza do meu frigorífico e a minha estratégia de o utilizar como arrumos do leite. Com efeito, este post foi alvo dos mais diversos comentários e de pertinentes questões. 

 

Na verdade, o ano de 2013 (pese embora um final atribulado) foi um grande sucesso no que respeita a destralhar e a organizar a casa.

 

Se tivesse de destacar, escolheria os desafios:

 

Recolher/Arrumar em Março - Um desafio em que me propus a, no final do dia, recolher e arrumar todos os objectos deixados pela casa. O objectivo é que evitasse (durante o dia) a deixá-los fora do lugar, para que no final do dia não os tivesse de fotografar e publicar - tipo quadro da vergonha. Consegui perceber algumas dificuldades no que respeita a alguns objectos, a casa ficou visivelmente mais arrumada e passei a ter lugar próprio para muitos objectos que andavam sempre perdidos (e eu perdida de os procurar).

 

Limpeza da casa em 30 dias em Abril -  Definitivamente o meu preferido, embora trabalhoso. Este desafio permitiu-me constatar que realmente é possível manter a casa arrumada com apenas 20 minutos diários. E considerando que o meu fim de semana é bastante preenchido, a estratégia da limpeza diária foi muito eficaz.

 

Destralhar 3 x dia em Maio - Sempre foi um desafio útil pela sua pouca intrusão no meu dia-a-dia, pela eficácia e pelos evidentes resultados. O extraordinário é que 3 objectos por dia x 31 dias resulta num total de 93 objectos. E a pensar que já repeti este desafio tantas vezes.

 

 

Destacaria ainda o meu caixote para tralhas que utilizo até hoje:

 

 

 

 

Coloquei algumas tralhas à venda no extinto Miau e no WinkingBooks. Mas também descobri o Troca-se, que tem sido uma fantástica ferramenta e sobre o qual prometo falar.

 

O que não escrevi...

 

- fiz amplas mudanças na minha casa, nomeadamente em duas divisões: sala e escritório;

- comecei o processo de vender o meu mobiliário de escritório antigo, na tentativa de o substituir por uma versão menor e mais funcional;

- destralhei, de forma definitiva 5 caixas de arquivo com colecções de revistas diversas;

e tanto mais.

 

Estou muito optimista quanto a 2014. Os planos estão delineados e os objectivos ambiciosos.

Destralhar 2013 - 5 dias, 5 mini projectos

Quase a dizer adeus a 2013. Por isso comecei a preparar a sua saída para o arquivo com 5 mini projectos diários muito simples.

 

 

Dia 1. Caixas de correio electrónico

 

Não vale a pena levar o seu lixo electrónico de 2013 para 2014. Se ainda não o fez, aproveite para limpar a caixa de email:

  • apague o desnecessário,
  • arquive numa ou mais pastas o correio que necessita guardar,
  • se tem uma ferramenta de "arquivo automático", utilize-a,
  • aproveite para passar na caixa de lixo e localize as newsletters que costuma apagar sem ler e remova o seu contacto dela,
  • crie pastas automáticas de encaminhamento de email, se possível,
  • guarde os anexos no disco do computador, nas respectivas pastas de documentos,
  • se tiver contas de correio que já não utiliza, apague-as definitivamente.

Dia 2. Papel de embrulho e fitas de Natal

 

No dias após o Natal é necessário arrumar os itens relacionados com os embrulhos de presentes: o papel, as fitas, cartões, etc. 

 

 

Dia 3. Documentos electrónicos

 

Aproveite para arquivar os documentos electrónicos. Sabe aquelas pastas que nunca utiliza ou que têm ficheiros com versões de trabalho ou então só com extractos de pagamento? Crie uma pasta arquivo com o nome 2013 e fica tudo mais arrumadinho.

 

E as fotos digitais? Depois de limpar a máquina e o respectivo cartão, aproveite para arquivar as fotos dentro de uma pasta com o nome do ano. O melhor mesmo é destralhar (há sempre fotos que são repetições ou más) e organizar já a versão final. 

 

Uma cópia de segurança, é sempre útil, mesmo que apenas 1 vez por ano.

 

Dia 4. Talões de compra

 

Se costuma guardar os talões de pagamento, é uma boa altura para destralhar e/ou arquivar. Aqueles que respeitam a presentes de Natal que adquiriu, convém guardar mais um pouco, caso seja necessário para trocas. O mesmo com os talões de compra de itens com garantia - arquive já!

 

Tudo o que não será necessário, aproveite para destralhar.

 

Dia 5. Comprovativos de pagamento e facturas

 

Findo o ano, convém separar os documentos que serão necessários para o cumprimento de obrigações fiscais e os que não serão, mas que necessitam guardar por constituírem prova de pagamento.

 

Assim, quando chegar o momento de preencher a sua declaração de IRS, está tudo separado.

 

Pág. 1/2