Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

Contornar as desvantagens de destralhar

elastico.JPG


Há dias lia um texto (que agora não consigo localizar) sobre as desvantagens de destralhar o guarda-roupa.

A autora lamentava-se que, depois de reduzir o número de peças, naturalmente as que ficaram acusaram o aumento de uso e lavagens.

Com efeito, é natural que assim aconteça e o que me leva a escrever, é que na verdade, não tinha pensado nisso antes. Ou melhor, não foi algo que tivesse considerado nas decisões que tomei.

Para já, tenho vindo a destralhar peças que não uso ou usava há muito. Mas com efeito, sinto as consequências, em especial nos tecidos de ganga (que uso quase 365 dias por ano).

Mas destralhar não tem de significar o descartar das peças. Quando a roupa interior, optei por colocar a uso algumas unidades e guardar as outras. Naturalmente, a maior frequência de lavagens irá desgastar os elásticos nas cuecas (sim, são cuecas e eu também as uso).

Mas entre demorar 6 meses a gastar 12 cuecas e demorar 12 meses a gastar 24 cuecas, prefiro ter a gaveta livre de excessos. Entretanto, até pode ser que aprenda a costurar com fios de elástico e tenho o problema resolvido.

Para destralhar não é necessário que se descartem das coisas. Por vezes, é mais eficiente (e necessário) arrumá-las num local onde não interfiram com a utilização eficiente que desejam.

Créditos da imagem: http://www.running-w-scissors.com/2011/06/tutorial-shirred-pocket-skirt.html

Tutorial sobre como fazer umas cuecas: http://www.autostraddle.com/make-a-thing-lets-sew-some-underwear-160048/

Eu não sou minimalista (definitivamente)

Definitivamente não sou uma minimalista nem pretendo ser. Eu gosto das minhas coisas. Não questiono o estilo de vida minimalista, mas simplesmente (ou pelo menos na sua versão mais pura) não será para mim. Ou simplesmente estou demasiado sugestionada pelas imagens que são transmitidas do minimalismo com sendo um "mínimo de coisas" atingido e não um progresso, um caminho.

 

O meu objectivo sempre foi simplificar as coisas: encontrar objectos quando preciso deles, remover os excessos (para que não ocupem espaço precioso numa pequena casa e para que não tenha de os limpar), ter mais espaço para o que gosto e preciso.

 

Não é pouco. Pensei que fosse simples, mas não é. Comecei há mais de um ano e sinto que ainda estou longe de terminar (mas definitivamente mais perto). Sempre disse que isto é uma maratona e não um sprint. Um passo de cada vez.

 

Ultimamente tem sido mais uma corrida de obstáculos que tem determinado os soluços no blog. Lamento.

 

Serve este momento para uma reflexão pessoal sobre o destralhar. Destralhar tem-me ajudado a organizar COISAS, mas não é panaceia para tudo que é a nossa vida. E por vezes sinto que é transmitido dessa forma. Se alguma vez sentiram isso nas minhas palavras, não foi essa a minha intenção.

 

Destralhar tem melhorado alguns aspectos da minha vida. Com menos coisas e mais organizadas sinto que tenho mais controlo sobre a casa - SOBRE A CASA - não sobre a vida. Tenho poupado imenso porque considero com mais cuidado o que compro e se é necessário comprar.

 

Mas a vida não estava e não está nas coisas.

Organização low cost

Eu não gosto muito de recorrer à compra de materiais para organizar. Primeiro porque acho que é possível encontrar alternativas reutilizando materiais e por outro porque, tenho descoberto que encontrar o material certo que se adeque a nós e que resista as utilizações que lhe damos no seu tempo de vida, é difícil.

 

Quantas vezes não concluí que as caixas ou organizadores diversos já não se adequam ou foram uma compra errada... Com efeito, ainda ontem deu uma caixa que não percebo como comprei porque não tinha o tamanho correcto para nenhum dos meus armários.

 

Mas ontem encontrei algo que me gostei imenso e que poderá ter diversas utilizações. Uma pequena caixa de gavetas multiusos, no "Espaço Casa", por €1.99. 

 

 

As dimensões estão indicadas em centímetros e as gavetas têm cerca de 4 cm de altura. As gavetas saem completamente. 

 

Irei utilizá-la para materiais de pintura: lápis de cera, lápis de cor, marcadores. O facto de as gavetas saírem completamente permite que possa retirá-las e dispor os materiais numa mesa, para mais fácil utilização pelas crianças.

Pág. 1/2