Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

DESAFIO: LIMPEZA DA CASA EM 30 DIAS #9

Durante o mês de Abril irei participar no desafio  30-Day House Cleaning Challenge do blog http://moneysavingmom.com. Se desejam saber um pouco mais sobre este desafio, podem começar pelo dia 1


 



 


O prometido é devido. Saí de casa com as tijoleiras lavadas e os soalhos por aspirar. 


Cheguei a casa e comecei a primeira tarefa. Pelas 20h00 a minha mãe, veio a minha casa e vendo-me aspirar, perguntou-se se estava à espera de visitas. Sou o desterro das donas de casa.


 


Tudo ficou aspirado em 10 minutos. Nos restantes 10 cumpri a tarefa dos dia: limpar as superfícies do quarto.




Facílimo. Como havia acabado de aspirar, bastou fazer a limpeza do pó no mobiliário. Aproveitei para limpar o pó no mobiliário da sala.

DESAFIO: LIMPEZA DA CASA EM 30 DIAS #8

Durante o mês de Abril irei participar no desafio  30-Day House Cleaning Challenge do blog http://moneysavingmom.com. Se desejam saber um pouco mais sobre este desafio, podem começar pelo dia 1


 



 


O prometido é devido e volto depois de um fim de semana de pausa. Novamente percebi que, no meu caso, fazer a limpeza no final da semana é a pior das soluções. Tendo em conta o meu fim de semana, encaixar ainda uma sessão de limpeza geral da casa, seria impossível.




Ontem foi um desastre. Cheguei a casa pelas 20h00, corrida para fazer jantar e uma marmita para o dia seguinte. Trabalhar nos blogs e já são 23h30...




O desafio era: varrer ou aspirar todos os chãos da casa. Porém, àquela hora, não ia estar a ligar o aspirador. Varrer é estar a levantar o pó por isso adiei a tarefa para esta manhã. Com um senão: como ainda era demasiado cedo para ligar o aspirador, optei por passar a pano com a esfregona os locais possíveis (cozinha, casa de banho e corredor) que ficam a secar ao sair para o trabalho. Quando chegar a casa (mais cedo, espero) termino com o aspirador.




Em suma, ontem não cumpri a tarefa e hoje fico com ela a dobrar. Decidi não me "bater" pela falha, mas sinto-a um pouco como o 1º insucesso. Porém, há muito que aprendi que, face ao insucesso, há duas hipóteses: chorar sobre o leite derramado ou avançar corrigindo a situação. Eu optei pela última.