Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar

Plano B da Vida

Destralhar: 01-07-2012

Há vários métodos para destralhar a casa: ir aos bocadinhos, uma prateleira de cada vez ou decidir fazer tudo de uma assentada, divisão a divisão. Eu já experimentei ambos. Numa fúria já destralhei o escritório. Mas não voltei para organizar o espaço, dar lugares às coisas... etc.


 


Aliás, o saco com capas que sobraram, continua no mesmo local. Por isso e porque ficava muito desgastada com a empreitada - a meio já me apetecia deixar tudo como estava - optei por manter um ritmo mais condizente com os afazeres do dia a dia. Esse, tem me servido bem por várias razões.


 


O meu auto-desafio destralhar 3 objectos por dia tem-me permitido entrar no espírito de destralhar. Não preciso ficar angustiada com não tenho tempo, onde vou arrumar as coisas, a quem vou dar?


 


Basta procurar 3 objectos de que não necessito. Num momento inicial, nem necessito preocupar-me com o seu destino: vão para a caixa das tralhas. Com mais tempo e/ou disponibilidade mental, haverá solução.


 


Claro que, inevitavelmente, haverá um dia em que não encontram nada. Andam pela casa à procura de objectos para destralhar. Eu tive esse dia, ainda assim encontrei 3 objectos e depois disso, muito mais. 


 


E é esse o espírito de destralhar. Lentamente, começam a ficar mais "exigentes" com os objectos, mais rigorosas/os com as vossas escolhas e acima de tudo, começam a ter uma melhor percepção dos espaços e do que querem deles.


 


Desde o dia 17 sei que destralhei mais que os 3 objectos em muitas vezes. Contando pelo mínimo, são 42 objectos.

São vários sacos, espaços em armários e prateleiras. Acima de tudo, são horas a procurar coisas fora do sítio, a arrumar e a desarrumar. A limpar e a organizar. 


 


 


Mais um individual que não uso, um copo que já viu melhores dias e uma garrafa que há 2 anos espera ser reutilizada (ia aromatizar vinagre).